Tornar o aço mais sustentável

Gestão ambiental

O Sistema de Gestão Ambiental (SGA), certificado pela ISO 14001 norteia todas as ações da ArcelorMittal Vega e está alinhado com as 10 diretrizes sustentáveis do Grupo ArcelorMittal. A empresa vai além do solicitado pela legislação e investe continuamente em novas tecnologias e inovação. Isso, aliado à forte conscientização e comprometimento dos empregados e das empresas parceiras, faz com que a ArcelorMittal Vega mantenha excelentes resultados na sua Gestão Ambiental.

Gestão de Água e Efluentes Líquidos

A gestão consciente do uso da água é um dos principais pilares do trabalho desenvolvido pela área de Meio Ambiente da ArcelorMittal Vega. Desde a implantação, a empresa dobrou sua capacidade produtiva, sem aumentar o consumo de água. Através de investimentos em equipamentos que aprimoram a produção de alta tecnologia para tratamento da água, a unidade consegue recircular e reutilizar quase todo o volume utilizado na planta industrial.

A ArcelorMittal Vega conta ainda com uma Estação de Tratamento de Efluentes de alta eficiência, onde são realizados os tratamentos físico-químico, biológico e de desinfecção do efluente com Ultra Violeta, sem a geração de resíduos químicos lançados na natureza.

Além disso, para avaliar a eficácia do tratamento realizado, a empresa faz o monitoramento ecotoxicológico dos seus efluentes tratados, tanto na estação, como no entorno do difusor do emissário submarino, na Praia Grande. Este monitoramento faz uso de elementos vivos como mariscos, algas e bactérias, que servem como bioindicadores.

Gestão de Resíduos Sólidos

A ArcelorMittal Vega gerencia todos resíduos gerados, sejam estes decorrentes do seu processo produtivo ou não. Essa prática além de atender à legislação ambiental vigente, procura garantir que o resíduo tenha um destino mais nobre, direcionando as ações da empresa, à minimização, reciclagem, recuperação e/ou coprocessamento.

Por meio desta política de valorização de resíduos, que conta com trabalhos de mapeamento e avaliações constantes de seus processos, a unidade consegue reaproveitar quase a totalidade de seus resíduos, enviando uma quantidade mínima a aterros sanitários ou industriais.

Gestão das Emissões Atmosféricas e da Qualidade do Ar

Para a ArcelorMittal Vega, o monitoramento das emissões das chaminés é uma forma de avaliar tanto a eficiência de nossos equipamentos e processos, quanto o desempenho ambiental propriamente dito. Além do monitoramento das emissões de chaminé, também são acompanhadas as emissões de todos os veículos a diesel que circulam no parque fabril, sejam estes próprios ou de terceiros.

A qualidade do ar é outro aspecto de grande importância monitorado pela empresa, visto que esta impacta, tanto na vida da comunidade local, como na biodiversidade existente. Por esta razão, a empresa possui duas unidades de monitoramento, estrategicamente distribuídas no parque fabril, onde são monitorados os parâmetros: material particulado,
SO2 e NO2.

Biodiversidade

Outro monitoramento ambiental importante realizado pela ArcelorMittal Vega é o Monitoramento da Biodiversidade, o qual avalia o desenvolvimento das diversas espécies de animais e vegetais existentes, tais como: os répteis, os mamíferos, as aves (migratórias ou residentes), os anfíbios, os aracnídeos, os peixes e os insetos, característicos ou não da Mata Atlântica presente no seu entorno. Tem como principal objetivo avaliar o impacto que as atividades humanas podem gerar sobre o meio natural, a fim de minimizar a sua ocorrência, harmonizando a relação homem natureza.

Relatório de Sustentabilidade 2016

  • Relatório de Sustentabilidade 2016

    O Relatório de Sustentabilidade 2016 tem como escopo o relato das atividades e fatos relevantes sobre o mesmo grupo de empresas definido pelo Comitê de Sustentabilidade para o Relatório de 2015.