Imprimir   Adicionar aos favoritos   Envie esta página

Press Release

02/07/2012 - Rota das praias francisquenses recebe UPA 24 horas

Unidade de Pronto Atendimento inaugurada na quarta-feira, 27 de junho, em São Francisco do Sul deve atender 18 mil pessoas por ano e diminuir demandas no hospital da cidade e região

         Um divisor de águas na saúde francisquense. Foi assim que a Secretária de Saúde Nadirinez Bolognini definiu, no dia 27 de julho, a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, instalada no trevo de acesso às praias do Capri e Ubatuba, no bairro Sandra Regina. Em cerca de mil metros quadrados, o novo local tem capacidade para atender 18 mil pessoas por ano e também ficará à disposição dos mais de 250 mil veranistas e visitantes na época de temporada.


            A UPA conta com 53 profissionais, entre eles 15 médicos, 20 técnicos e 5 enfermeiras, e dispõe de sala de gesso, sutura, curativos, raio-X, isolamento, internação e heliponto. A pavimentação do entorno e a construção do heliponto foram viabilizadas em parceria com a ArcelorMittal Vega. Na semana anterior, no dia 19 de junho, a Prefeitura de São Francisco do Sul e a ArcelorMittal Vega entregaram à comunidade outra unidade de saúde, a Estratégia Saúde da Família (ESF) do bairro Rocio Grande.


“Enquanto as unidades de ESF trabalham fortemente na prevenção de doenças, as UPAs garantem atendimento médico a urgências de baixa e média complexidade, reduzindo a superlotação dos grandes hospitais. Ter em São Francisco do Sul essa estrutura de pleno atendimento possibilita levar a saúde para mais perto da comunidade, garantindo a qualidade de vida dos moradores. A ArcelorMittal Vega tem a honra de apoiar e acompanhar de perto estes empreendimentos”, destaca Mauro Esteves de Barros, Gerente de Administração e Suporte da ArcelorMittal Vega. Dos investimentos de responsabilidade social realizados pela empresa entre 2001 e 2011, cerca de um terço foram na área da saúde em São Francisco do Sul.


            Para a Secretária Nadirinez, colocar a UPA em atividade é promover uma transformação em São Francisco do Sul, permitindo que a cidade também seja reconhecida pela qualidade no atendimento à saúde. “Além de superar uma barreira no atendimento municipal, a UPA trará desenvolvimento econômico. Agora, nossos turistas terão um motivo a mais para visitar a cidade: além das belezas naturais, nosso turista se sentirá mais seguro com uma adequada estrutura de saúde”, diz. Com recursos do Governo Federal e da Prefeitura de São Francisco do Sul, foram investidos na UPA R$ 2,6 milhões.  


 


Estrutura UPA 24 horas


- Área: cerca de mil metros quadrados.


- Capacidade de atendimento: 18 mil pessoas por ano.


- Estrutura: dez leitos de observação, sala de gesso, sutura, curativos, raio-X, isolamento, internação e heliponto.


- Equipe: 53 profissionais, entre eles 15 médicos, 20 técnicos e 5 enfermeiras.


 


Outras unidades de saúde


Até a inauguração da UPA, o atendimento aos moradores dos bairros próximos ao Sandra Regina era realizado no Pronto Atendimento (PA) da Enseada. Com essa nova estrutura, o PA será transformado em unidade de ESF (Estratégia da Saúde da Família) e passará a atuar na prevenção de doenças. Ele ficará fechado até agosto para reforma e adequações. Já a Unidade Básica de Saúde do Sandra Regina continuará aberta normalmente.


 



Autor: Assessoria de Comunicação da ArcelorMittal Vega



Envie essa notícia
Voltar ao Índice


Design Foster Copyright 2007 - ArcelorMittal Vega do Sul